• White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White LinkedIn Icon
  • White Google+ Icon

Associação Nacional de Grupos

de Apoio à Adoção

Realização:

Apoio:

O FILHO REAL

 

O Cadastro Nacional de Adoção mostra uma realidade que precisa ser mudada. De um lado, mais de 40 mil pais pretendentes a adotar. Do outro, menos de 9 mil filhos possíveis em busca de uma família. Por que será

que ouvimos falar que a espera na fila de adoção é tão grande? Por que os abrigos seguem cheios quando há tantas pessoas dispostas a adotar?

É verdade que todo o processo de adoção deve ser extremamente cuidadoso e requer tempo para ser concluído. Mas o principal problema é que, ao se inscrever no CNA, a maioria das pessoas indica um perfil

muito restrito, deixando de fora as crianças reais que estão nos abrigos: maiores de 5 anos, pardas ou negras, com deficiência, doença crônica ou grupos de irmãos. Estas, na verdade, são as crianças que mais

precisam de uma família carinhosa e cuidadosa. No entanto, elas estão crescendo em instituições quando há tanto amor na fila, esperando por um filho idealizado.

Nosso objetivo com esta publicação é propor uma reflexão àqueles que têm o desejo de adotar, para promover cada vez mais encontros entre pais e filhos, entre quem tem amor para dar e quem precisa de amor.

Você vai saber como funciona a Busca Ativa, que aproxima pretendentes das crianças que mais precisam de um lar. Pode ser que o sonho de ser mãe ou pai através da adoção chegue mais rápido do que você imagina.